O Portal do Geólogo

 

Iceland Spar, a pedra dos Vikings, uma gema extraordinária


por Pedro Jacobi


Iceland spar é uma das gemas mais extraordinárias e belas que um colecionador ou estudioso pode encontrar.
O nome Iceland spar, ou espato da Islândia é, também, sinônimo de calcita ótica. Esta gema preciosa se caracteriza por sua incrível qualidade, total transparência e quase ausência de imperfeições, impurezas e de cor.
O iceland spar é, portanto, a forma mais pura e muito rara de um mineral bastante comum e menos nobre, a calcita. Veja a diferença entre um iceland spar e uma calcita comum, nas fotos abaixo.

Calcita ótica do Portal do Geólogo calcita comum
Calcita ótica do Portal do Geólogo grau laser (unique) e grau UV Calcita comum

Como pode ser visto acima a calcita ótica do Portal do Geólogo é de uma pureza incrível e jamais poderá ser comparada com uma calcita normal.

Estas calcitas óticas do Portal do Geólogo são classificadas como qualidade laser. Isto significa que elas  podem ser utilizadas na confecção de instrumentos óticos a laser de baixa a alta potência.

O Brasil é um dos poucos países onde existe o iceland spar com a maior qualidade conhecida, que só muito raramente é encontrada na China. Um quilo deste iceland spar de qualidade laser de alta potência, pode atingir mais de 40.000 reais.

O nome iceland spar  (espato da islândia) foi dado, inicialmente, às calcitas óticas lavradas em uma mina, já exaurida, de nome Helgustadir na Islândia.

No século 17, graças aos avanços científicos,  o iceland spar se tornou um material precioso e todos os governos e cientistas queriam entender a sua importância no mundo da ótica.

Nesta época escassez da calcita ótica chegou a ser considerada uma emergência.

Algumas raras variedades de iceland spar são conhecidas. Destacam-se as cores âmbar, citrino, verde e rosa.

Calcita âmbar do Portal do Geólogo
Calcita âmbar com lindas reflexões internas (fire) do Portal do Geólogo

Muitos historiadores acreditam que foi graças à calcita ótica ou iceland spar, que os Vikings descobriram a América, bem antes de Colombo. A calcita ótica explica o fato de que esses grandes navegadores viajavam grandes distâncias sem se perder. É que, mesmo em dias com forte nevoeiro, quando não se enxerga o sol, coisa comum no inverno do hemisfério norte, a calcita ótica permite saber exatamente onde o sol se localiza. É que a luz solar atravessando o iceland spar é polarizada e se torna detectável para os olhos de navegadores experientes.

O uso do iceland spar, em navegações antigas, está praticamente confirmado com as descobertas desses minerais em antigos navios afundados como o Alderney que afundou em 1592.

Os vikings chamavam o iceland spar de “pedra do sol” (sólarsteinn).

A pureza e transparência dessas gemas permitem o uso e a visualização de sua principal característica ótica: a birrefringência.

birrefringência
Birrefringência: quando raio de luz não polarizada, ao atravessar a calcita ótica, se divide em dois.

A birrefringência, ou refração dupla, é uma feição marcante da calcita ótica que a torna única no mundo científico.

Birrefringência é a capacidade que os cristais desta variedade de calcita têm de dividir a luz em dois feixes de luz polarizada, com polarização oposta e com velocidades, índices de refração e ângulos diferentes. Estes feixes de luz polarizada causam, frequentemente, fenômenos como arco-íris que são muito apreciados pelos colecionadores que chamam esta característica de fire (fogo).

Assim que descoberto o misterioso fenômeno logo despertou a atenção dos cientistas.

Isaac Newton foi um desses, mas o fenômeno só foi entendido 150 anos depois (1820) quando Augustin Fresnel usou a teoria da luz ondulatória para explicá-lo. Os conceitos de Augustin referentes a polarização da luz embasaram a física e a matemática moderna.

Augustin só recebeu o crédito merecido após a sua morte.

Na prática tudo o que vemos através deste mineral espetacular é duplicado.

Birrefringência
O efeito mais visível da birrefringência: a duplicação da imagem


É a forte birrefringência da calcita ótica que permitiu a criação dos prismas de polarização do tipo Nicol usados em equipamentos óticos como os microscópios polarizadores.

Hoje em dia praticamente todas as escolas e unidades de ensino, tem coleções de iceland spar para mostrar, na prática, os conceitos óticos de birrefringência aos alunos.
Trata-se de um efeito marcante que é usado em equipamentos óticos, telas LCD e em pesquisas e aparelhos de raios lasers de alta potencia.

Na segunda guerra mundial foram criadas lentes de iceland spar que aumentaram a eficiência dos bombardeiros e de armamentos antiaéreos. Em estudos mineralógicos todos os geólogos conhecem a importância dos Nicois. Na indústria dos plásticos os usos são inúmeros, pois os plásticos, submetidos a stress são birrefringentes. Polarizadores são também usados na medicina moderna na identificação da birrefringência de compostos minerais em doenças como Alzheimer, várias doenças oculares e do sangue.

As características do iceland spar são:

Fórmula: carbonato de cálcio, CaCO3
Dureza: 3 na escala de Mohs
Cristalização: trigonal, hábito romboédrico ou escalenoédrico
Gravidade específica: 2,7
Brilho: vítreo a adamantino
Clivagem: perfeita 1,3 romboédrica
Fratura: conchoidal
Frágil
Ponto de fusão: 1.612  °C
Reage fortemente ao ataque de ácido clorídrico .


Mas iceland spar não é só de ciência.

Existe um mundo exotérico e místico que coloca esse mineral entre os mais extraordinários da natureza.

Segundo os metafísicos, os cristais de calcita ótica aceleram o nosso desenvolvimento, ampliando e abrindo a nossa consciência para novas ideias e para um universo mais elevado. Ela aumenta o nosso emocional e a nossa intuição.

Para eles um dos maiores benefícios da calcita ótica é o de ampliar a memória auxiliando no desenvolvimento cerebral e no desempenho profissional. Muitos acreditam que as pirâmides de iceland spar ampliam muito mais essas características benéficas o que as torna quase uma obrigação em mesas de escritórios e nas cabeceiras das camas.

Pirâmide de calcita - aumentar a estabilidade emocional
Pirâmide de calcita ótica do Portal do Geólogo

É sempre importante lembrar que a calcita ótica é frágil e facilmente riscável (dureza 3). São gemas preciosas que exigem cuidado para evitar que o uso as torne foscas e riscadas.

Mas, se isso acontecer, não é o fim do mundo.

As calcitas podem ser facilmente polidas novamente com o uso de lixas d´água (600-1000-2000-3000-5000). O acabamento é dado com feltros, ou couros onde é aplicado pastas polidoras abrasivas misturadas com óxido de cério ou óxido de estanho ou até pastas com micro diamantes. Nessa fase final a granulometria dos produtos (grit) é finíssima o que dá ao iceland spar polido aquele brilho espetacular de qualidade incomparável.

As calcitas óticas do Portal do Geólogo

Temos uma das coleções mais fabulosas de calcitas óticas (iceland spar) de qualidade mundial.
Parte desta coleção está disponível para a venda na internet.

Se você é um colecionador ou quer dar um presente inteligente, criativo e raro essa é a oportunidade!

As nossas calcitas não tem rival e foram selecionadas por quem entende de mineralogia e de qualidade. Se você é um colecionador de minerais não tem outra escapatória: tem que ter uma destas na sua coleção.

Comprar calcita ótica





50464