O Portal do Geólogo
CUIDADO!!! A GEOLOGIA É ALTAMENTE CONTAGIOSA E PODE SER INCURÁVEL
voltar ao Portal do Geólogo

 

A estratégia da Vale: concorrência desleal, dumping ou simplesmente burrice?

 

 por Pedro Jacobi

 

A esperança é a última que morre

 

Ameaçada pelo mercado, por dívidas crescentes, por preços em queda, causas judiciais bilionárias e, fundamentalmente, por um persistente mau gerenciamento a Vale planeja a sua última grande cartada: o S11D.

É inegável a qualidade do minério do S11D, mas será inteligente investir US$20 bilhões neste momento difícil em que a empresa atravessa, para coloca-lo em produção? 

Não seria a hora de aumentar a lucratividade, reduzir os débitos, enxugar os custos, verticalizar parte da produção aumentando o valor agregado dos produtos, consolidar a sua liquidez e esperar uma hora melhor para gastar esses US$20 bilhões? 

 

Planta S11D



A Vale é a maior produtora de minério de ferro do mundo e isso não vai mudar no curtíssimo prazo, com ou sem o S11D.

Qual será a vantagem em continuar a ser a maior vendedora de minério de ferro do mundo quando as suas margens começam a evaporar?  Não será um desperdício do melhor minério que a Vale ainda tem e que poderá decidir a sorte da mineradora no futuro? 

O mercado é mais complexo do que imaginamos e a resiliência das mineradoras é maior do que muitos pensavam.

Existem hoje inúmeros projetos de qualidade de minério de ferro que devem, também, entrar em produção competindo com os da Vale e das demais mineradoras australianas. Esse minério novo, com certeza vai afetar o mercado e preencher parte do vazio causado pela quebra das minas.

Será que isso está adequadamente equacionado? Ou teremos grandes surpresas em dois anos? 

Tudo leva a crer que a facilidade em destruir a concorrência que as três gigantes esperavam ter, simplesmente não existe.

Para piorar, tudo leva a crer que o péssimo timing da Vale vai fazer azedar até o S11D, a cereja do bolo da mineradora. 

Não foi por falta de tempo.

Ela teve todo o tempo do mundo, e o dinheiro também, para colocar o S11D em produção, em uma época que os preços do minério de ferro subiam aceleradamente.  Na época em que ela comprava por US$13,3 bilhões a INCO o minério de ferro iniciava um salto de quatro anos onde o preço subiria de US$36/t para US$187/t: um aumento de 419%. 

Nesta época extraordinária o S11D já tinha décadas, mas continuou no chão...Não era o caso de começar a produção de gusa e aço? Não! O projeto permaneceu paralizado quando todas as mineradoras ganhavam gigantescos lucros.

Por falta de visão a Vale perdeu o bonde.

Não conseguiu nem crescer e agora tenta colocar o seu projeto mais ambicioso em produção como se fosse uma tábua de salvação. 

Isso ocorre no pior momento possível, quando o preço do minério de ferro despenca, a China desacelera, os lucros diminuem, os débitos e a concorrência aumentam e quando o novo Código de Mineração ameaça mais que duplicar a arrecadação de impostos sobre a sua produção reduzindo mais ainda as margens.

Tudo leva a crer que o S11D será lançado no pior momento histórico, por falta de visão gerencial da Vale que teima em continuar uma vendedora de minério de ferro sem valor agregado. O minério do S11D um dos melhores do planeta será, tristemente vendido a cinquenta dólares por tonelada.

Com isso veremos a dilapidação de nossas reservas e a "concessão" dos grandes lucros da cadeia produtiva aos países compradores como a China que produzirá o aço e os industrializados dele derivados.

Aço que iremos importar na forma de veículos e produtos industrializados a preços elevadíssimos.

Até quando?

 

 

O Portal do Geólogo

11458

< Home 2 3 >

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003


Veja também

Minério de ferro: o preço da ganância


Minério de ferro: preços continuam caindo ameaçando a quarta maior do mundo


Vale mais uma vez depreciada continua em queda


Vale cai e perde a posição de terceira maior do mundo 




O Portal do Geólogo

Dê uma calcita ótica, uma gema do Portal do GeólogoOportunidade ímpar: compre essa espetacular calcita ótica do Portal do Geólogo
 
11458 |    || O Portal do Geólogo |  Editor: Pedro Jacobi