O Portal do Geólogo
19/11/2019 02:43:06

Pesquisa mineral: chilenos na frente se preparam para abrir bolsa para junior companies em Santiago



Publicado em: 29/4/2015 15:32:00

A melhor forma de desenvolver a pesquisa mineral de um país é financiando as junior companies. São essas as empresas que farão as descobertas minerais necessárias ao desenvolvimento do país.

Aqui no Brasil não existem financiamentos disponíveis para as juniors da mineração.

Nenhum banco, incluindo o BNDES, financia empresas de pesquisa mineral. Aqui, mesmo os jazimentos com certificação internacional (Jorc ou NI-43101) não são reconhecidos como ativos que possam lastrear os financiamentos.

Obviamente isso não ocorre lá fora.

Qualquer empresa com uma jazida que tenha um “bankable feasibility study (BFS)” certificado consegue levantar financiamentos bancários que irão transformá-la em uma mineradora.

O problema, no entanto, é como se consegue o dinheiro para fazer a pesquisa e chegar a um BFS.

A melhor e mais objetiva forma é através do lançamento de ações em uma bolsa de valores: o IPO. Isso infelizmente não é possível no Brasil pois a Bovespa exige que qualquer IPO tenha, no mínimo, o equivalente a R$300 milhões. Ou seja, o lançamento de ações no Brasil é coisa para empresas de porte médio a grande e nunca de uma empresa junior.

(Veja mais sobre o assunto e saiba como financiar a sua empresa)

Foi essa insensibilidade estratégica que fez com que todas as empresas juniors do planeta, inclusive as brasileiras, buscassem os financiamentos via IPO nas bolsas de Toronto, Londres e Sidney ou onde isso é possível.

A bolsa de Toronto, a maior neste segmento, atraiu dezenas de milhares de empresas de pesquisa mineral ao longo dos anos e literalmente financiou a pesquisa mineral mundial.

Em contrapartida a Bolsa de Toronto tornou-se uma das maiores do mundo exclusivamente pelo capital que as junior companies injetaram.

Bom para os canadenses que contabilizam a maioria das descobertas como ativos do próprio país, afinal a junior listada em Toronto é uma empresa canadense e todas as descobertas dela são, também, do Canadá.

É uma fuga de riqueza imensa, não contabilizada pelos países como o Brasil.

É exatamente isso que os chilenos querem acabar.

Eles estão se preparando para que a Bolsa de Santiago possa operar com as junior companies da mineração. Quando isso ocorrer veremos que um grande número de empresas de todos os cantos, inclusive brasileiras, irão buscar os financiamentos no Chile.

Será mais uma grande oportunidade perdida pelo Brasil sem contar, mais uma vez, na fuga de capital e de riquezas.


Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


editoriais mercados polemicos vocesabia    1404
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Mineração: as melhores apostas de 2016 20/1

A ameaça de Pasadena: a vez e a hora de Dilma Roussef 20/11

Mineração & Brasil: o país do futuro? 29/9

Conselhos ao geólogo recém-formado 8/9

Mineração: quem vai tapar os buracos amanhã? 22/7

Brazil Resources supera 480% no ano: analistas apostam em 1.900% ainda em 2016 18/7

Brazil Resources: como comprar muito com tão pouco 15/6

Pasadena revisitada: a hora de Dilma Roussef? 25/5

A corrupção e o empresário brasileiro. Valeu a pena? 24/5

A jazida de ouro de Posse recebe a Licença Preliminar 5/9

Delação mostra ex-ministro de Minas e Energia como captador de propina do PMDB 7/4

Você já fez a sua offshore hoje? 4/5

“Não vou aproveitar absolutamente nada” disse o Dep. Laudívio Carvalho quando falava do parecer de Leonardo Quintão sobre o “novo” Código de Mineração 30/3

Assim não dá... 22/3

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi