O Portal do Geólogo
19/11/2019 02:40:52

Mineração: a redução dos casos de Ebola pode ser o renascimento da mineração Africana?



Publicado em: 21/2/2015 17:08:00

O continente africano é um dos maiores celeiros da mineração mundial. Apesar de semiabandonado, devastado por guerras, pragas, revoluções, mau gerenciamento e descaso a África é uma das regiões mais importantes do planeta quando o assunto é a potencial produção de minérios.

Que o digam os chineses que estão investindo bilhões para se posicionar neste jogo que apenas está começando.

Apesar do interesse crescente dos gigantes da mineração, principalmente nos países do centro-oeste africano, onde existem imensos jazimentos minerais ainda não desenvolvidos como o de Simandou na Guiné, a África sofreu um atraso gigantesco e inesperado causado pela epidemia gerada pelo vírus Ebola.

A epidemia, em poucos meses, devastou as economias dos países do oeste africano como Guiné, Serra Leoa e Libéria, um a um em um macabro efeito dominó.

O vírus não só matou milhares como criou um êxodo, seguido de quarentena que paralisou quase todas as atividades econômicas importantes destes países .

Em meses os funcionários expatriados abandonaram os projetos que foram fechando um a um comprometendo o caixa da empresa e, principalmente, a economia da região afetada.

Ninguém se atrevia a voltar, empregar ou investir nestes países ou nos países circunvizinhos.

Grandes projetos como Simandou na Guiné onde a Rio Tinto planejava investir mais de US$20 bilhões foram paralisados. Na Libéria o mesmo ocorreu com o investimento de US$1.7 bilhões em Yekepa da Arcelor Mittal (foto).

Mina de Yekepa

Em alguns casos, como o da London Mining, em Serra Leoa, a mineradora entrou em falência.

A região historicamente pobre ficou paupérrima e até as gigantescas reservas minerais que valem trilhões de dólares não foram o suficiente para mudar o cenário catastrófico de poucos meses de epidemia.

A Guiné, um exemplo da crise, com dois terços da bauxita do mundo e com Simandou, o maior jazimento de minério de ferro de alto teor ainda não desenvolvido, teve que se curvar ao peso de uma epidemia viral.

O comércio entre esses países e o resto do mundo minguou e praticamente desapareceu.

E, para piorar as coisas, os preços dos minérios desabaram. O preço do minério de ferro, assim como o da bauxita desabaram inviabilizando o que o Ebola ainda não tinha matado. Somente a bauxita responde por 80% da economia da Guiné...

Mas, felizmente, depois de um trabalho árduo e minucioso a epidemia do Ebola...veja a continuação..


Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


editoriais geologia minex vocesabia    2782
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?



CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA...             EbolaMina

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Simandou: uma ameaça real ao domínio da Vale? 18/5

New Liberty a primeira mina de ouro da Libéria sobrevive o Ebola e entra em produção 1/6

Quarenta e dois, o número da sorte da Libéria 10/5

EbolaMina 21/2

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi