O Portal do Geólogo
17/11/2019 05:42:09

Xangai colapsa, Governo da China intervém. Commodities e bolsas reagem



Publicado em: 28/7/2015 12:31:00

Ontem o mundo viu, assustado, a bolsa de Xangai cair 8.8% em uma das piores oscilações dos últimos oito anos. Em um dado momento quase 50% das empresas listadas caíram mais de 10% e tiveram os seus negócios paralisados para evitar uma implosão do sistema.

Os mercados mundiais reagiram negativamente e a Bolsa de Toronto caiu 14.000 pontos, levando de roldão as empresas de mineração lá listadas.

Tudo levava a crer que hoje teríamos momentos piores e que o mundo iria presenciar a fusão da bolsa chinesa.

Mas isso não ocorreu.

O Governo Chinês, através da China Securities Regulatory Commission reagiu e começou a comprar fortemente, neutralizando os riscos do colapso. Ao mesmo tempo a China criou sanções àqueles que estão apostando no colapso da bolsa e reduziu, mais ainda, os juros.

As medidas foram bem recebidas pelos mercados mundiais que estão nesta terça-feira, quase todos, no azul.

O preço do minério de ferro teve uma alta de 1,4% ultrapassando os US$51/t o que elevou os ânimos na Austrália e no Canadá onde as empresas de mineração tem uma maior influência nos mercados.

Fica a pergunta pendente, se a Bolsa de Xangai pode voltar a cair drasticamente, mais uma vez.

Tudo leva a crer que sim!

No gráfico acima fica claro que os ganhos da Bolsa de Xangai, ao longo deste ano, foram simplesmente extraordinários.

É natural que existam grandes realizações de lucros após grandes subidas. É assim que o mercado reage, em toda a bolsa de valores do mundo. Essas realizações de lucro irão posicionar as ações em um patamar mais realista e o ciclo será fechado.

Afinal, em se tratando de bolsa de valores, tudo o que sobe um dia cai...




Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


geologia mercados minex vocesabia    307
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Efeito Trump: Minério de ferro em alta recorde 11/10

A jazida de ouro de Posse recebe a Licença Preliminar 5/9

A volta do minério de ferro: novas altas levam o preço da tonelada para perto dos US$60 21/3

Petrobras vale 4,3 vezes menos do que a Ambev 11/2

Reformas econômicas na China aquecem mercados de mineração 23/12



China tem crescimento de “só” 6,9% no ano e apavora investidores 19/10

Glencore reage e sobe 100% em menos de duas semanas 9/10

Enfim! Bolsas mundiais reagem, commodities voltam a subir e mineradoras também. Analistas acreditam em uma possível virada. 7/10

Rússia faz preço do barril subir: Petrobras celebra 5/10

Temores contaminam bolsas mundiais. Ações das mineradoras despencam 24/8

Ouro em alta, mas medo da China faz ações caírem 21/8

Estoques baixos de petróleo nos Estados Unidos fazem preço do barril subir: ações da Petrobras disparam 29/7

Ouro volta a subir 28/4

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi