O Portal do Geólogo
18/11/2019 14:28:36

Vale vai vender o ouro de Salobo



Publicado em: 3/3/2015 15:10:00

No início da década de 90 a Vale não tinha a mínima ideia dos teores reais de ouro do seu projeto Salobo.

Quando os técnicos da Rio Tinto estudavam o projeto com o objetivo de uma aquisição perceberam que a Vale, na época, analisava o ouro em alíquotas muito pequenas de 5 a 15 gramas. Ou seja, a variância introduzida, uma função da granulometria do ouro e do pequeno tamanho da alíquota analisada, era simplesmente gigantesca e os resultados finais eram subestimados e espúrios.

Quando o assunto foi ventilado com os técnicos da Vale a mineradora aumentou o tamanho das alíquotas e, então, apareceram os resultados consistentes do ouro de Salobo.

Agora a Vale informa que irá vender 25% do ouro do Salobo para a Silver Wheaton.

Esta transação deverá ocorrer até o final da vida útil de Salobo.

Para concretizar o offtake agreement a Silver Wheaton pagará um valor inicial de US$900 milhões. A partir daí ela irá pagar a onça de ouro com um preço deflacionado, que será o menor valor entre US$400 e o preço do mercado.

Salobo, uma jazida de mais de 1 bilhão de toneladas com 069% de cobre e 0,43g/t de ouro e créditos de molibdênio e prata, terá a capacidade de 24 Mtpa (ROM) após a expansão.

O interessante é que Salobo foi descoberta no final da década de 60 e a Vale ficou literalmente “sentada” em cima deste depósito por mais de 42 anos...

Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


mercados metaisbase minex preciosos    2992
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi