O Portal do Geólogo
21/11/2019 08:44:09

Terceirizar&compliance



Publicado em: 13/4/2015 16:45:00

Continuação...



Ganhavam as contratantes que não pagavam as taxas trabalhistas como FGTS, 13º salário, férias e aviso prévio e, mesmo pagando altos salários, conseguiam uma significativa redução de custos.

Ganhavam os geólogos consultores que, em contrapartida recebiam salários muito mais elevados que os níveis salariais das empresas contratantes e do mercado. Os geólogos consultores faturavam diárias entre US$350 a US$1200 e trabalhavam em torno de 20 dias por mês.

As contratantes embutiam a maioria dos encargos sociais nas diárias que tornavam os ganhos dos profissionais muito acima da média do mercado.

A decisão de pagar os encargos era, portanto, repassada para a empresa contratada, que na maioria das vezes era uma empresa individual.

Perdia o governo que arrecadava menos.

Fora do Brasil a terceirização ou outsorcing na mineração é uma história de sucesso. Trata-se de uma prática altamente difundida e enraizada que ainda está em expansão.

Lá o outsorcing é uma decisão da contratante e depende da qualidade da empresa terceirizada e do seu pessoal e equipamento. Apesar de ser uma decisão estratégica utilizada pelas mineradoras desde 1980 o outsorcing só ganhou popularidade mundial a partir de 1990.

Lá fora como aqui os ganhos com a terceirização estão diretamente ligados à redução de custos, velocidade operacional, maior flexibilidade e a possíveis vantagens competitivas.

A maior diferença que podemos notar é que lá fora, em países sérios, as empresas terceirizadas devem, obrigatoriamente, se adequar à governança corporativa da contratante, o chamado compliance.

Esta aproximação das regras da empresa terceirizada aos princípios fundamentais do gerenciamento e da cultura da contratante evita os problemas ( usados como argumentos contrários à terceirização) que, infelizmente, ainda vemos aqui no Brasil.

Poucos dias atrás a Vale foi acusada de usar trabalho escravo em uma de suas minas onde teve 32 infrações trabalhistas. Quem conhece a Vale sabe que a mineradora tem qualidade e que esse acontecimento só poderia estar relacionado a falta de competência da Ouro Verde a empresa terceirizada.

Se as regras do compliance fossem aplicadas, também no Brasil, isso jamais poderia ocorrer.


Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


editoriais minex polemicos vocesabia    1551
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Mineração: as melhores apostas de 2016 20/1

A ameaça de Pasadena: a vez e a hora de Dilma Roussef 20/11

Trump pode ser o catalizador de um novo boom na mineração 10/11

Efeito Trump: Minério de ferro em alta recorde 11/10

Mineração & Brasil: o país do futuro? 29/9

Mineração: adicionar valor ou morrer tentando... 3/9

Conselhos ao geólogo recém-formado 8/9

Filipinas em guerra pelo meio ambiente 1/8

Mineração: quem vai tapar os buracos amanhã? 22/7

Brazil Resources supera 480% no ano: analistas apostam em 1.900% ainda em 2016 18/7

Mini Era Glacial? O que esperar do futuro próximo 7/1

Mineração: em quem apostar as fichas? 22/6

Exploração espacial: a nave asteroide 7/6

Minério de ferro: economia em alta faz mineradoras americanas reabrirem antigas minas 31/5

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi