O Portal do Geólogo
29/6/2017 02:28:50

Petrobras: corrupção paralisa poços. Descobertas e produção ameaçadas



Publicado em: 17/4/2015 16:22:00

Quatro grandes empreiteiras contratadas da Petrobras buscam proteção judicial por não terem como pagar os custos e rolar débitos, já que a Petrobras parou de pagar os contratos existentes e os créditos secaram devido aos efeitos da Lava a Jato.

Você pode dizer que eles estão colhendo o que plantaram.

No entanto existe um efeito pernicioso, neste mundo globalizado: a contaminação de toda a cadeia interligada que acaba penalizando, não somente aos protagonistas, mas a toda a sociedade.

Um bom exemplo é o da mais recente empreiteira a buscar proteção judicial: o Grupo Schahin.

O Schahin está buscando recuperação judicial para 28 de suas subsidiárias que estão com débitos de seis e meio bilhões de reais. Com este débito a empresa já não pode mais financiar as suas atividades de engenharia e construção.

O Schahin deve para grandes bancos como o HSBC e o Deutsche Bank que o estão processando em busca do dinheiro emprestado.

Este processo de inadimplência do Grupo Schahin detona um efeito dominó que vai atingir não só a Petrobras como todo o povo brasileiro. O Grupo, descapitalizado e sem crédito, paralisou cinco sondas e plataformas que operavam para a Petrobras. Eles estavam sondando em uma descoberta gigante feita no pré-sal onde a Petrobras planejava investir mais de US$200 milhões.

Situação semelhante ocorre com várias outras empresas que participaram ou não do escândalo de corrupção que assola a Petrobras.

Aos poucos, os megaprojetos que ontem eram o orgulho da Petrobras e o futuro do Brasil, são paralisados, junto com poços, sondas e construções deixando para traz o desemprego, o abandono e as causas judiciais que não param de crescer.

Este é o legado da corrupção, do descaso e da incompetência, onde tão poucos destruíram muito de tantos...




Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


editoriais energia polemicos geoestatais    1227

Calcita ótica puríssima
Calcita Ótica - Espato de Islândia totalmente transparente, puríssima garantida pelo Portal do Geólogo

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Mineração: as melhores apostas de 2016 20/1

A ameaça de Pasadena: a vez e a hora de Dilma Roussef 20/11

Conselhos ao geólogo recém-formado 8/9

Não sobra ninguém 26/5

Pasadena revisitada: a hora de Dilma Roussef? 25/5

A corrupção e o empresário brasileiro. Valeu a pena? 24/5

Agora que decapitaram o Cunha será que vão aprovar o malfadado código mineral? 5/5

O efeito impeachment: Petrobras bate todos os recordes e sobe 131% em 81 dias 15/4

Mercados mundiais reagem à subida dos preços das commodities: mineradoras decolam 13/4

Delação mostra ex-ministro de Minas e Energia como captador de propina do PMDB 7/4

Você já fez a sua offshore hoje? 4/5

Assim não dá... 22/3

Petrobras é obrigada a dar baixa em campos de petróleo e tem o pior ano de sua história 22/3

Brasil não atrai investidores na área da exploração mineral, segundo a pesquisa Fraser 3/2


O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003
As mais lidas
1 : o início de uma mini era glacial ...
2 : Samarco desastre ou uma oportunidade econômica ...
3 : aguahisteria ...
4 : O que esperar do futuro próximo ...
5 : Geologia Salarios ...
6 : O ouro de Pontes e Lacerda ...
7 : SetorMineral1 ...
8 : deslizamentos ...
9 : mineroduto ...
10 : A ameaça da Vale faz tremer australianos ...
Calcita Extra Âmbar
Raridade à venda: calcita ótica âmbar
Calcita Ótica Puríssima
Espato de Islândia transparente, puríssimo

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi