O Portal do Geólogo
20/11/2019 04:42:37

O risco Brasil afasta os investidores da mineração



Publicado em: 25/12/2015 18:14:00

Os últimos anos foram muito difíceis para os mineradores.

Apesar de terem investido bilhões em gigantescos projetos, uma grande parte deles teve que lidar com incertezas econômicas e políticas de caráter regional que tornaram o risco da mineração insuportável.

Um risco que caracteriza os países de elevada toxidade à mineração.

Os grandes mineradores, em um efeito manada, fogem destes países, onde tentam vender os seus ativos procurando locais mais sérios e estáveis.

O Brasil de hoje é um destes países de alta toxidade aos investimentos minerais.

Conquistamos este estigma pela nossa legislação mineral dúbia, por um elevado sentimento antimineração, pela falta de estabilidade política, inflação assustadora, rebaixamento ao nível de mau pagador e pelas incertezas legais criadas por um Governo que abandonou a mineração há mais de cinco anos.

Todo o trabalho de décadas, para atrair investidores e mostrar que o Brasil era seguro, foi lançado na sarjeta pelo descaso desta gestão incompetente.

Infelizmente não basta ter uma geologia fantástica e atraente. É preciso ser estável.

Este mesmo dilema está fazendo com que a Newmont, um gigante da mineração, tente vender os seus ativos de cobre na Indonésia. O mesmo ocorre com a Barrick que viu um dos seus maiores jazimentos, o Pascua-Lama, ser paralisado pelo governo chileno e pela população local que luta contra a mineração.

O sentimento antimineração latino americano afugenta mineradores dos países andinos, antes considerados atrativos.

A mineração está sendo espancada na África e até na África do Sul, um modelo de estabilidade que atraiu bilhões nas décadas passadas. Hoje a África do Sul enterra grandes mineradoras de ouro e platina em um clima hostil recheado de intermináveis greves e conflitos sociais.

Mineradores como a Kinross fogem da instabilidade política da Rússia.

Todos procuram investir em países estáveis como o Canadá, Austrália e os Estados Unidos.

São os paraísos de estabilidade que podem ter custos mais elevados, mas riscos políticos quase inexistentes.

A Austrália se destaca no mundo caótico antimineral.

O país, que abriga uma economia impulsionada quase que exclusivamente pela mineração, agradece a nossa incompetência.

A mineração, que aqui é execrada, tornou a Austrália no melhor país do mundo, com um IDH extraordinário de 0,935 e um PIB previsto de 3% nos próximos anos, mesmo quando no meio de uma crise de commodities.

Quando iremos aprender?




Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


editoriais geologia minex polemicos    4604
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Mineração: as melhores apostas de 2016 20/1

A ameaça de Pasadena: a vez e a hora de Dilma Roussef 20/11

Conselhos ao geólogo recém-formado 8/9

Não sobra ninguém 26/5

Pasadena revisitada: a hora de Dilma Roussef? 25/5

A corrupção e o empresário brasileiro. Valeu a pena? 24/5

Agora que decapitaram o Cunha será que vão aprovar o malfadado código mineral? 5/5

O efeito impeachment: Petrobras bate todos os recordes e sobe 131% em 81 dias 15/4

Mercados mundiais reagem à subida dos preços das commodities: mineradoras decolam 13/4

Delação mostra ex-ministro de Minas e Energia como captador de propina do PMDB 7/4

Você já fez a sua offshore hoje? 4/5

Assim não dá... 22/3

Petrobras é obrigada a dar baixa em campos de petróleo e tem o pior ano de sua história 22/3

Brasil não atrai investidores na área da exploração mineral, segundo a pesquisa Fraser 3/2

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi