O Portal do Geólogo
13/11/2019 04:49:04

Minério de ferro: o preço da ganância



Publicado em: 19/3/2015 02:00:00

A tonelada do minério de ferro 62% Fe atingiu hoje US$54,50: o menor preço desde a crise de 2008.

Em 2008 o mundo econômico ruiu, depois que gigantescas instituições financeiras americanas, movidas pela avareza, implodiram, após anos de investimentos e alavancagens, em um ambiente de risco elevado, sem controle ou transparência.

A queda dos preços do minério de ferro, que hoje destrói economias como a da austrália, empregos, mineradoras e os investimentos de centenas de milhares de pessoas no mundo inteiro, tem uma origem muito similar àquela que causou a crise de 2008: a ganância de algumas empresas prepotentes.

O desespero e o sofrimento de tantos foi causado, mais uma vez, pela tirania e descaso de poucos. Neste caso, de bem poucos.

Alguns meses atrás três grandes empresas resolveram inundar o mercado de minério de ferro mundial e, com isso, aniquilar, literalmente, a competição, sem preocupação alguma com os milhões que iriam sofrer as consequências de seus atos egoístas.

A ganância desmesurada tem nome: Vale, Rio Tinto e BHP.

É o triunvirato da mineração, que virou o mundo do minério de ferro de cabeça para baixo, desempregando dezenas de milhares e lançou na sarjeta tantos sonhos e economias.

Será que para vencer neste mundo é necessário causar tanto desespero e dor?

Com certeza não!

O que estamos vendo é o fruto da estratégia selvagem, burra e opressiva de poucas empresas, que não só estão matando lentamente a competição como, também, os seus próprios acionistas. Um ato que será lembrado e desprezado por quase todos no futuro...

Já é hora de dar um basta.

Não podemos aceitar, no mundo civilizado, essas práticas medievais de concorrência.




Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


mercados ferrosos minex polemicos    4404
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

S11D, o sonho da Vale, entra em produção 18/1

Exploração mineral: por que investir em zinco? 17/1

Bons ventos na mineração: o minério de ferro explode em 2017 16/1

Trump pode ser o catalizador de um novo boom na mineração 10/11

Efeito Trump: Minério de ferro em alta recorde 11/10

Mineração: adicionar valor ou morrer tentando... 3/9

Mineração: em quem apostar as fichas? 22/6

O dilema da Vale 20/6

Por que a Vale ainda é uma boa aposta, mesmo com uma dívida de 116 bilhões de reais? 6/7

Cientistas descobrem que adaga de Tutankamon é feita de meteorito 6/2

Vale: Murilo Ferreira na mira de Temer 6/2

Minério de ferro: economia em alta faz mineradoras americanas reabrirem antigas minas 31/5

Simandou: uma ameaça real ao domínio da Vale? 18/5

Estudo em meteoritos mostra que oxigênio era abundante na atmosfera terrestre primitiva 5/11

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi