O Portal do Geólogo
22/11/2019 07:51:59

A corrupção na Petrobras causou um prejuízo muito maior do que estimado



Publicado em: 4/7/2015 16:46:00

A conta da corrupção da Petrobras não podia bater.

Os R$6,2 bilhões lançados pela estatal no balanço sempre nos pareceu minimalista quando víamos um arraia miúda como Pedro Barusco amealhando R$300 milhões em propinas declaradas.

Nesta equação faltavam os números da corrupção de todos os operadores, doleiros, Duque, Vaccari, políticos corruptos cuja lista é quilométrica, dos imensos valores abocanhados pelos partidos políticos e, finalmente do superfaturamento feito pelas empreiteiras, que obviamente, não gastaram nenhum centavo do seu próprio bolso.

Uma boa parte deste dinheiro deve ser somado aos rombos bilionários das grandes obras da Petrobras que totalizam mais de 100 bilhões de reais e que seguramente alimentaram o propinoduto e a cleptocracia brasileira. .

Veja abaixo:


-superfaturamento na compra da refinaria Pasadena em 2006: três bilhões de reais

-superfaturamento da Abreu e Lima cujo custo estimado inicialmente em US$2,5 bilhões decolou, magicamente, para US$18 bilhões: R$48,5 bilhões

-superfaturamento Comperj: R$48,8 bilhões.

-usinas do Sul, onde existem fortes suspeitas de superfaturamento em uma compra de usinas no Paraná e Rio Grande do Sul: R$165 milhões.

Como se vê os números da corrupção são maiúsculos e muito superiores aos minguados seis bilhões lançados, para abafar a revolta popular, no balanço de 2014 da Petrobras.

Esta nova realidade é, naturalmente, percebida pela equipe de Sérgio Moro e do pessoal da Lava a Jato. O promotor Carlos de Santos Lima, após as últimas delações de Zelada, já garante que o número final será muito maior do que o oficial.

O que nós sabemos é que o número final será muito, mas muito menor do que o real.

Esta percepção não é só nossa: um político influente de Brasília nos confidenciou que os totais jamais poderiam ser divulgados sob pena de existir uma forte reação popular.

Ele quis realmente dizer: uma revolta violenta causada pela raiva e desesperança.






Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


editoriais energia geoestatais mercados    3547
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Mineração: as melhores apostas de 2016 20/1

A ameaça de Pasadena: a vez e a hora de Dilma Roussef 20/11

Conselhos ao geólogo recém-formado 8/9

Não sobra ninguém 26/5

Pasadena revisitada: a hora de Dilma Roussef? 25/5

A corrupção e o empresário brasileiro. Valeu a pena? 24/5

Agora que decapitaram o Cunha será que vão aprovar o malfadado código mineral? 5/5

O efeito impeachment: Petrobras bate todos os recordes e sobe 131% em 81 dias 15/4

Mercados mundiais reagem à subida dos preços das commodities: mineradoras decolam 13/4

Delação mostra ex-ministro de Minas e Energia como captador de propina do PMDB 7/4

Você já fez a sua offshore hoje? 4/5

Assim não dá... 22/3

Petrobras é obrigada a dar baixa em campos de petróleo e tem o pior ano de sua história 22/3

Brasil não atrai investidores na área da exploração mineral, segundo a pesquisa Fraser 3/2

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi