O Portal do Geólogo
19/11/2019 05:40:04

Energia Brasil: investimentos chineses superam US$35 bilhões



Publicado em: 23/6/2015 18:50:00

Quando se trata de energia os chineses não brincam.

Os números discutidos nesta matéria refletem uma parceria extraordinária entre Brasil e China que corresponde ao equivalente a 577.5 milhões de barris de petróleo a preço atualizado de US$61/barril: quase um ano da produção total de petróleo brasileira.

Somente nos primeiros cinco meses de 2015 o Brasil exportou três vezes mais petróleo para a China que o mesmo período de 2014.

A China não se tornou a maior consumidora de petróleo do Brasil da noite para o dia.

Assim como a Shell, recentemente, os chineses adotaram uma estratégia de flanqueamento e entraram, literalmente pela porta dos fundos no pré-sal, consolidando uma fortíssima presença:

Vejam só como os chineses conseguiram investir um tsunami de US$35,23 bilhões, no petróleo brasileiro:

1-Em 2010 a Sinopec investiu US$7,1 bilhões nas áreas que a espanhola Repsol YPF SA tinha no pré-sal.

2-No mesmo ano a Sinopec comprou 30% da portuguesa Galp Energia no Brasil por US$5.2 bilhões.

3-Ainda em 2010 a Sinochem comprou a participação de 40% do campo Peregrino da norueguesa Statoil, por US$3,1 bilhões.

4-Em 2009 o Banco da China emprestou para a Petrobras US$10 bilhões. Parte do pagamento será feito à Sinopec em óleo.

5-Em 2013 a Sinochem comprou 35% do Bloco BC-10, da Petrobras por US$1,43 bilhões.

6- Em 2013 a China National Petroleum Corp (10%) e a China National Offshore Oil Corp (10%) ganharam, em um consórcio com a Petrobras (40%) , Shell (20%) e Total (20%), 35 anos de produção do megacampo de Libra. Os chineses entraram com US$1,4 bilhões a vista.

7-Em 2015 o Banco de Desenvolvimento da China já assinou com a Petrobras dois contratos de investimento que totalizam US$5 bilhões.

8-Ainda em 2015 o mesmo banco chinês assinou um contrato de empréstimo para a Petrobras de US$2 bilhões.

Não é sonho, a participação da China no setor energético brasileiro é concreta.

E isso é apenas a ponta do iceberg. Vários grupos chineses estão, ainda, negociando com a Petrobras e até com as grandes empresas brasileiras a entrada em negócios de energia, sondagens, plantas, refinarias e infraestrutura.

Parece até que a rota da seda começa aqui.




Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


editoriais energia geoestatais polemicos    4581
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

S11D, o sonho da Vale, entra em produção 18/1

Brasil: a volta dos investimentos 17/1

Bons ventos na mineração: o minério de ferro explode em 2017 16/1

A ameaça de Pasadena: a vez e a hora de Dilma Roussef 20/11

Mineração: adicionar valor ou morrer tentando... 3/9

Filipinas em guerra pelo meio ambiente 1/8

Mineração: em quem apostar as fichas? 22/6

O dilema da Vale 20/6

Em busca da grafita 20/6

Por que a Vale ainda é uma boa aposta, mesmo com uma dívida de 116 bilhões de reais? 6/7

Vale: Murilo Ferreira na mira de Temer 6/2

Pasadena revisitada: a hora de Dilma Roussef? 25/5

A corrupção e o empresário brasileiro. Valeu a pena? 24/5

Simandou: uma ameaça real ao domínio da Vale? 18/5

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi